Tai Chi Chuan ganha adeptos: "Meditação em movimento"

Prática auxilia no fortalecimento físico e mental e ajuda no combate a doenças como a depressão

JAD LARANJEIRA

DA REDAÇÃO



O Tai Chi Chuan – mais conhecido como “meditação em movimento” –, é uma arte marcial de origem chinesa, que existe há milhares de anos e que, em Cuiabá, tem ganhado cada vez mais adeptos. No entanto, os benefícios dessa atividade ainda são pouco conhecidos.

Atividade de baixo impacto, o Tai Chi Chuan exige concentração mental e envolve movimentos lentos e gentis, que chegam a ser coreografados.

Segundo o professor Adriano Carneiro, quem pratica essa arte macial tende a ficar menos estressado e mais forte mental e fisicamente. No entanto, a prática requer dois ingredientes muito importante: paciência e dedicação.



Adriano é professor desde 2009. Hoje, ele dá aulas para duas turmas na Capital – uma no Bairro Santa Rosa e outra na Universidade Federal de Mato Grosso –, sempre às terças e quintas-feiras, e é representante da Sociedade Brasileira de Tai Chi Chuan em Mato Grosso.

Para ele, a prática da arte marcial, envolve bem mais que a meditação, como é popularmente conhecida, e tem atraído cada vez mais jovens.

“O Tai Chi Chuan recebe a influência das ciências médicas da China, que trabalha com pontos meridionais. Com mais de cinco mil anos de história, ela fica num limbo que se aproveita em diversos aspectos. Tem uma diferença bem marcante do pensamento de saúde ocidental e, diante disso, temos bons resultados”, disse, em entrevista ao MidiaNews.


Essa arte marcial tem cinco estilos reconhecidos por comunidades tradicionais e internacionais. São eles: Yang, Wu, Chen, Sun e Wu/Hao. Cada um deles recebeu o nome da família chinesa que o criou, desenvolveu e transmitiu.



Segundo Adriano, todos têm a mesma essência e seguem os mesmos princípios básicos, sendo diferentes apenas na forma.

Unir o interior com o exterior, buscar quietude dentro do movimento, esvaziar o peito, relaxar o corpo, os ombros e a cintura, usar a mente e não a força muscular, são alguns dos princípios básicos dessa atividade.

“Como arte marcial, você vai aprender uma sequência de movimento como se fosse um catar, lento, mas vai aprender. E essas sequências de movimento são todos golpes de artes marciais. Depois, evolui e treina-se de dois a dois, com um parceiro”, explicou.

Já voltada para a saúde, a prática envolve equilíbrio dos aspectos físicos, emocionais, mentais e espirituais.

Os resultados em geral são percebidos num curto período de tempo, segundo o professor. Uma séria de condições podem ser alcançadas com apenas 12 semanas de exercícios feitos, feitos duas vezes por semana, com apenas uma hora de aula.

“Você inicia ela com exercícios não tão puxados fisicamente, com um enfoque de trabalhar primeiro a mente e as emoções. Mudando isso, não desgasta muito o corpo no início e fortalece a mente gradualmente Você aprende a forma, a respiração, a meditação”, contou Adriano.




Benefícios à saúde

Um estudo realizado por pesquisadores da Universidade de Pequim e da Escola de Medicina de Havard, nos Estados Unidos, concluiu que a prática do Tai Chi vem ajudando pessoas com uma variedade de problemas de saúde, como a depressão, que tem um alto índice de mortes.

Além da depressão, há relatos de curas e significativas melhoras em pessoas que tem doenças como diabetes, fibromagia.

“É uma boa escolha para depressão e outras várias questões de saúde, diabetes, fibromialgia, doenças cardíacas crônicas, pessoas com histórico de enxaqueca, TPM, cólicas fortes. São todas pessoas que acabam procurando o Tai Chi”.

“As práticas como o Tai Chi demandam mais seriedade para o praticante. O foco dessa prática é a mente, o amadurecimento da consciência”, revelou o professor.

Segundo Adriano, os adeptos à arte marcial também adquirem maturidade psíquica, conseguindo, por exemplo, lidar com problemas, dificuldades, resolver conflitos.

“Você é forçado a amadurecer a consciência e, com isso, fica com a mente em paz”, afirmou.


https://www.midianews.com.br/cotidiano/tai-chi-chuan-ganha-adeptos-em-mt-meditacao-em-movimento/346024


GALERIA DE FOTOS



3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo